Orientação em Parapsicologia

ORIENTAÇÃO EM PARAPSICOLOGIA

Como parapsicólogo oriento consulentes que apresentam fenômenos parapsicológicos. Dentro das Ciências Mentais a Parapsicologia pode detectar a qualidade e intensidade de fenômenos como telepatia, psicocinesia, aparições, vidências etc.

Essa orientação torna-se importante para que o consulente possa ter uma vida normal, com recursos necessários para entender e controlar tais manifestações. Importante ressaltar que esses fenômenos são tratados pela Psiquiatria e Psicologia tradicionais como patológicos. O parapsicólogo pode oferecer essa diferenciação evitando assim tratamentos medicamentosos desnecessários.

8 Comentários

  1. marcia   •  

    oi, tenho uma amiga que fez tratamento e se sente muito melhor hj em dia…. eu tenho muito problema com depressão…fiz duas vezes tratamento com remedios…mas não tem jeito…me sindo aguniada, parece que nada me faz bem, tenho vontade de dormir o dia inteiro, tenho que me esforçar o tempo inteiro em controlar meu humor, adoraria saber como funciona o seu trabalho e se acha pelo que falei que adianta…..um abraço….

  2. dirceu de oliveira   •  

    tenho depressao desde os meus 20 anos; hoje estou com 55 anos; já tomei muitas marcas de antidepressivos; ansioliticos; anticonvulsivos; de todos eses anos de uns 3 anos pra cá que me sinto um pouco melhor; e sempre tomando os remedios; eu queria saber se realmente eu ficarei totalmente curado com esse tratamento.; ou muito melhor do que estou; trabalho na area da saude tambem abç.

  3. Eliane   •  

    Olá, tenho 26 anos, sou casada a 7 anos, não tenho filhos. Meu diagóstico dado por uma psiquiatra é depressão crônica. Me sinto incapaz de ser feliz, e muito menos fazer alguém feliz, preciso de ajuda pois não do mais conta nem de caregar o meu próprio corpo. Estou com a imunidade muito baixa, cada pouco estou internada com dores por todo o corpo, infecções… e pra falar bem a verdade, acho que já estou gostando de ficar mais no hospital do que em casa, pois apesar das dores sei que lá tem pessoas 24 horas cuidando de mim. Estou me sentindo uma pessoa totalmente inútil, qual não consigo mais nem trabalhar pois não tenho forças, ânimo e principalmente vontade. Minha psiquiatra diz que isso se dá devido a situações do passado na qual não consigo esquecer e muito menos perdoar. Quero saber se podes me ajudar, pois estou no fundo do poço e não consigo mais viver assim…

  4. fabiana   •  

    tenho episodios pavoros de puro terro desdo 13 anos mas o ultimo foi terrivel quando vou dormir ; e estou quase dormindo consegui ver ele com a boca no meu pescoço tentei me levatar do cama senti todo o peso delea nas minhas costas tentei gritar mas noa sai a voz nao consegui me mexer e ne levatar da coma eu estava acordada via tudo ao meu redor quando eu me levatei nao consegui mas dormir nao sei mas o que fazer ja tenho 30 anos e isso nao passA

  5. Luana   •  

    Oi. gostaria de saber se a única forma de orientar um paranormal é através de explicações espirituais, porque eu sofro de fenômenos como sonhos e pensamentos que se realizam no futuro, sinto a características de objetos e pessoas sem precisar ver eles, e acho que tenho alguma ligação com aparelhos eletrônicos, mas não acredito em espíritos ou em qualquer religião, já que nunca vi provas de que estes existam. ficaria feliz de saber se existem parapsicólogos que tratam desse assunto pela visão biológica/física.

  6. Nome jardel   •  

    Boa noite eduardo sobre a questão de falar no ouvido de uma criança quado ela dorme coisas boas sei que da resultado,e de um adolecente de 16 anos que esta usando droga(maconha)sera que pode dar resultado??

  7. Cláudio Cesar de Lima   •  

    Esses relatos, esses desesperados pedidos de socorro são a constatação que a população está sozinha e parece que o socorro divino silenciou-se ou mesmo jamais se mostrou. Muitos vão a igrejas, pagam fortunas a supostos representantes de Deus, choram e, por fim, constatam a solidão.
    Permito-me sugerir a essas pessoas a leitura do seu magnífico livro, Céu, inferno e outros lugares que, através de capítulos diferenciados, fáceis de ler, claros e objetivos, mudam sobremaneira o nosso modo às vezes encurralados de pensar. Creio que seria um investimento para sempre, para ser lido bem devagar e pôr fim a desesperos e solidão, usando apenas as palavras sábias de quem mostra o modo de agir.
    Um grande abraço ao Professor Eduardo Carvalho que parece estar sempre presente quando necessitamos de auxílio.

  8. Cláudio Cesar de Lima   •  

    Permito-me, mais uma vez, comentar sobre os pedidos de socorro enviados pelos leitores do blog, muito embora não sejam endereçados a mim.
    Ocorre que é necessário uma informação importante que foi brilhantemente mostrada pelo Professor Eduardo em ” O Caminho para a Luz”, essa parte transcrita do livro ” A voz do Silêncio”, de Helena Blavastky, e que julgo de extrema importância a todos:
    … E o maior problema é esse, informa o professor: independente de estarmos sofrendo por algum motivo, seja real ou imaginário, nos sentimos como se esse estado de tristeza jamais fosse acabar, daí, para vermos, pensarmos e tomarmos decisões erradas é muito fácil.
    Desta forma, o discípulo é orientado: ” Luta com teus pensamentos desonestos (irreais) antes que eles te dominem. Trata-os como eles querem te tratar, porque se os poupas, criarão raízes e crescerão e repara, esses pensamentos dominar-te-ão até que te matem.”
    Como eu disse, trata-se de um ensinamento definitivo a todos e que devem ler e reler a fim de estar em paz continuamente. Realmente é o caminho para a luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *