2012 – O ano do PONTIFEX

Não nascemos humanos, nos tornamos humanos.

Joseph Campbell

Tarô de Marselha

O Sumo Sacerdote (Papa) Tarô de Marselha

 

É comum, devido a estudos sobre simbologia numérica que faço há muito tempo, as pessoas perguntarem para que cada ano é favorável. Assim, mesmo que já estejamos em março, não é tardio estudarmos um pouco sobre o que nos recomenda esse ano 5, já que 2+0+1+2=5.

Cada número traz em si um ensinamento velado sobre estados de consciência e etapas evolutivas que o ser humano busca da ignorância a iluminação de sua percepção quando atinge a capacidade de “ver” sem julgar.

Dessa forma, assim como em artigo anterior estudamos o número 11, vamos agora buscar as principais características desse número cinco, mesmo que de forma superficial, já que esse blog se destina a busca do autoconhecimento e esse tipo de saber é muito importante.

Para Pitágoras, o cinco representa a liberdade, a busca de desbravar novos lugares e, como o “outro lado” uma inconstância, aversão a rotina de qualquer espécie e uma sensualidade marcante que o faz trocar de parceiro movido pela eterna busca de novas experiências. Por dividir os números mais voltados a realidade (1,2,3 e 4), dos mais voltados a espiritualidade (6,7,8 e 9), ele transita por todos com desenvoltura e explica essa dificuldade de permanecer muito tempo em um mesmo lugar ou relacionamento. O cinco pitagórico é, acima de tudo, livre e descompromissado, sempre pronto a viagens e novas experiências como uma facilidade incrível de se entediar.

Porém, se buscarmos um mergulho mais profundo encontraremos o Cinco ligado a figura do pontifex, que em sua etimologia significa ponte e para os católicos o Papa. Também o Cinco representa o número simbólico da quinta-essência que é a preciosa e indestrutível qualidade só conhecida daquele que transcende os quatro elementos primários (terra, água, fogo e ar) tão comum aos homens quanto aos animais. Poder-se-ia então dizer que a verdadeira humanidade só é atingida quando experimentamos a quinta-essência.

Então a figura do Papa significa a pessoa que faz essa ponte do homem com a divindade, ele exterioriza essa luta em busca do verdadeiro significado da existência. Cabe então ao Papa tornar acessível ao homem o mundo transcendental, que normalmente acessamos apenas pela intuição. Por isso, nos baralhos antigos de tarô ele poderia simbolizar um médico, padre, terapeuta ou guru, ou seja, alguém que ajudaria a “entender” e buscar significado da vida de forma total, não só ligado ao temporal.

Essa busca pela transcendentalidade é sempre importante na medida em que nos ajuda, pelo conhecimento de si, a nos tornarmos cada vez mais conscientes de nossa capacidade para o bem e para o mal que, normalmente, projetamos para fora de nós nas pessoas e situações que criticamos e adoramos.

Na figura que ilustra esse artigo, onde tudo tem um significado, vemos nosso Papa segurando seu cetro com a mão esquerda, o que mostra que essa busca por um significado é via coração e não pela razão, sempre coberta pelos véus dos condicionamentos e pré-julgamentos que, impostos desde cedo, nos tiram a capacidade de vermos por si, mas entendermos tudo com lentes distorcidas e sempre muito, muito antigas…

Assim, o cinco representa o Logos na figura do Cristo, que é o representante de Deus e também um ser humano, o que nos ensina que, pertencemos ao Tempo, mas com essência imortal. Como nos ensina Jung, sem essa interação entre o humano e o transcendente, nem a consciência do homem nem o espírito poderiam evoluir.

O sinal chinês indicativo do homem é o pentagrama, onde a ponta da estrela voltada para cima demonstra o domínio de si mesmo e a vitória da consciência sobre os instintos, onde, quando usado como amuleto, guia e protege o homem. Já quando essa estrela está com a ponta para baixo, temos a desordem intelectual, subversão e loucura, o que simboliza um mau presságio e a magia negra.

Como curiosidade numerológica é interessante observar que o número divino da plenitude e da criação é o 10. Metade é 5. No corpo temos  a simetria que exige que dividamos o corpo em dois lados, sendo que em ambas as partes encontramos o 5: temos 5 dedos em cada mão, portanto 10 no total. Da mesma forma nos pés. Temos 32 dentes, com a soma (3+2) igual a 5. A arcada dentária superior tem 16 dentes que soma 7 (1+6) e a inferior também. Assim temos 7+7= 14 que nos traz o 5 pela redução de 1+4. O número dos sentidos também é 5. Ao adicionarmos os membros, dois braços e as duas pernas juntamente com a cabeça encontramos mais uma vez o 5. O corpo humano cabe assim na estrela de 5 pontas e, segundo os estudos antigos, a corrente vital circula pelo corpo na forma dessa estrela. Abaixo, temos um pantáculo antigo usado como proteção, cheio de simbolismos.

Portanto, o cinco, ou nosso Papa interior é a função em nós mesmos que nos governa o bem-estar espiritual, a consciência inata que nos diz quando erramos contra nós mesmos. Aprender a “ouvir” o Papa torna nossa voz interior tão merecedora de confiança que nos tornamos divinos.

Assim, respondendo a pergunta, 2012 é um ótimo ano para viagens, mudança de rotina, de trabalho e novos relacionamentos. Pitágoras recomendaria evitar as viagens mais perigosas via estimulantes químicos que o cinco gosta de fazer para “viajar” sem sair do lugar ou quando está entediado. Mas, sem dúvida, é um ano para criarmos a “ponte” que nos leve ao nosso mundo interior, buscar o autoconhecimento, estudar filosofias, religiões e buscar uma prática espiritual.

Independente de o mundo acabar ou não como, segundo dizem, os Maias profetizaram, se você conseguir encontrar-se com seu Papa interior, tudo já terá valido a pena.

Use a energia do cinco e arrisque-se!

3 Comentários

  1. Sandra Lima   •  

    Até o momento a numerologia não me chamou a atenção,mas nem por isto vou deixar de dizer que achei esta matéria muito interessante, muito instrutiva…..sem falar em meu querido e velho amigo Pitágoras…..

  2. neusa seiffert   •  

    Oi Eduardo , tdo bem.
    estamos com saudades de suas aulas.
    acho muito interessante a numerologia,e gostaria de saber. Osignificado do nº5,tbem é válido pra nomes.porque tenho 5 no nome,e meu marido tem 5 no total de nome e sobrenome.( é só curiosidade) sou fascinada por tdo isso.se puderes me responder… te agradeço.

    • Eduardo O. Carvalho   •     Author

      Olá Neusa!!!!

      Quanto estamos estudando os nomes, a abordagem pitagória vem em primeiro lugar e depois aprofundamos mais. Mas depende o está esse “5”. Conforme o lugar tem significados diferentes e a presença de letras desse valor no nome indica outras análises diferentes dessa do artigo que escrevi.
      um abraço a todos os colegas!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *